ACADEMIA EURO PHISIC

ACADEMIA EURO PHISIC

FARMÁCIA MAIS SAÚDE

FARMÁCIA MAIS SAÚDE
AGORA TAMBÉM EM CUPIRA AO LADO DO BANCO DO BRASIL

BAR DO MATUTO

BAR DO MATUTO

VAREJÃO F.FRANGO

VAREJÃO F.FRANGO
BAIRRO NOVO HORIZONTE

FARMÁCIA POPULAR DE CUPIRA

FARMÁCIA POPULAR DE CUPIRA

ABATEDOR MÃE RAINHA

ABATEDOR MÃE RAINHA

O MELHOR DE CUPIRA É IVONALDO PROIMAGEM

O MELHOR DE CUPIRA É IVONALDO PROIMAGEM
CASAMENTOS,ANIVERSÁRIOS,BATIZADOS,FORMATURAS E OUTROS EVENTOS

SABOR CASEIRO

SABOR CASEIRO
AV.GOVERNADOR PAULO GUERRA-NOVO HORIZONTE-CUPIRA-PE

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Infecção de mosquitos por bactérias é estratégia eficaz para conter dengue


A mais promissora das estratégias de combate ao Aedes aegypti é uma bactéria sexualmente transmissível.

Wolbachia é uma bactéria que infecta cerca de 60% das espécies de mosquito existentes no mundo, sem ser transmitida para os vertebrados. Infelizmente, na natureza ela não infecta o Aedes aegypti, transmissor de dengue, chikungunya, zika e outras viroses.

Digo infelizmente porque, no final da década de 90, Scott O’Neill e um grupo de microbiologistas da Universidade Monash em Melbourne, na Austrália, descobriram que a infecção por Wolbachia interfere com a fertilidade do Aedes e com o sexo de seus descendentes, além de bloquear a reprodução de vírus no organismo do mosquito.

Num trabalho de campo conduzido em 2011, o grupo de O’Neill libertou numa cidade da Austrália dezenas de milhares de Aedes aegypti infectados em laboratório pela Wolbachia. Em cinco semanas, 90% dos Aedes selvagens haviam contraído a bactéria. Testes na Indonésia e no Vietnã apresentaram resultados semelhantes.

Folha Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.